O Patrono

António da Costa de Sousa de Macedo, filho do 1º conde de Mesquitela D. Luís da Costa de Sousa de Macedo e Albuquerque, e da condessa D. Maria Inácia de Saldanha Oliveira e Daun, nasceu em Lisboa, em 21 de Novembro de 1824, cidade onde também faleceu em 17 de Janeiro de 1892.

Formado em Direito, pela Universidade de Coimbra, para além de escritor, desempenhou vários cargos públicos e destacou-se pela importante acção que desenvolveu ao nível da instrução pública, área de que chegou a ser ministro, ainda que apenas por 69 dias, em 1870, tempo no entanto, suficiente para proceder a profundas reformas ligadas ao ensino superior, à instrução primária e às bibliotecas públicas, entre outras.

Um dos seus pensamentos está inscrito na placa com o seu busto: «Olha para o alto, sobe, eleva-te pela instrução, que é o meio para a felicidade, que é o fim», e encontra-se sintetizado no lema da escola: «A caminho da luz». Esta frase encontra-se inscrita no emblema de pedra junto da entrada, e o sol, como símbolo dessa luz, significam a importância do conhecimento na educação do indivíduo.

Imprimir