A História

Escrito a .

5logo Rezam os anais da história que, há muitos anos atrás …

 

… mais precisamente, em 1973, nascia a Escola Primária nº 7 de Almada, que entraria em funcionamento no dia 1 de Outubro desse ano, ocupando um de dois pavilhões pré-fabricados, geminados e instalados de frente para a Rua de Angola, no espaço onde hoje brincam os alunos.

Desde logo o espaço se mostrou insuficiente para a população escolar e, enquanto decorria a construção de dois novos equipamentos, foi necessário ocupar uma garagem, situada num edifício particular, que servia a Comissão de Moradores dos Caranguejais, para instalar uma turma.

Três anos passaram…

Desocupado o pavilhão vizinho (onde funcionava a Escola Primária nº 9 de Almada) com a inauguração das instalações dos Caranguejais, a Escola nº 7 de Almada passou a ocupar os dois pavilhões, enquanto se assistia a um embargo da obra de construção das novas instalações, por motivos não apurados.

O vandalismo e a degradação foram tomando conta do espaço, durante cerca de cinco anos, até que… no ano lectivo de 1981/82 foi inaugurada a nova escola, construída sob a égide do pensamento moderno de “escola aberta”, e obedecendo ao modelo arquitectónico da altura, “P3”, que se caracteriza por espaços de aula abertos, comuns a duas ou três turmas.

Criada a nova Escola nº 4 da Cova da Piedade (não se apurou a data precisa nem a causa da mudança de designação) e devolutos os dois pavilhões, estes passaram a acolher as crianças do ensino pré-escolar, assumindo identidade própria com a designação de Jardim de Infância da Cova da Piedade.

 

No final dos anos 80 são criadas as actividades de tempos livres (ATL) na escola, sob a responsabilidade do corpo docente que, em 1996, transfere esta valência para a recém criada Associação de Pais. No espaço do refeitório, são garantidas as refeições e assegurado o prolongamento de horas na escola, a todos os alunos do 1º ciclo inscritos em ATL’s. No ano lectivo de 1998/1999, estenderam-se os serviços aos alunos do Jardim Infância.

 

O encerramento da Escola N.º1 António José Gomes, e a reformulação da rede de escolas, obriga a nova mudança de designação da nossa escola, que, em 2001, por publicação em Diário da República, assume a identidade de Escola Básica nº 3 da Cova da Piedade.

No mesmo ano, foram inauguradas as novas instalações do Jardim de Infância, em edifício anexo à Escola, e demolidos os pavilhões que estiveram em funcionamento provisório durante dezasseis anos!

 

No âmbito do novo modelo de autonomia e gestão das escolas, em Setembro de 2003, a Escola Básica Nº3 da Cova da Piedade e o Jardim de Infância passam a constituir, com mais quatro escolas do 1º ciclo e uma do 2º ciclo, o Agrupamento Vertical de Escolas Comandante Conceição e Silva. A nova realidade implica a fusão dos dois estabelecimentos numa única unidade de ensino, que passa a designar-se EB1/JI da Cova da Piedade.

 

A EB1/JI da Cova da Piedade, desde 2007 desintegrada do seu antigo agrupamento, passou a fazer parte do Agrupamento Vertical de Escolas D. António da Costa e vai continuar a fazer história…

 

Imprimir